Ordo Fratrum Minorum Capuccinorum PT

Log in
updated 4:57 PM UTC, May 7, 2024

Noviciado interprovincial em Tortona

No dia 11 de setembro de 2023, com a solene leitura do “decreto oficial” serão erigidas as duas novas Conferências de Europa: a Conferência do Mediterrâneo e a Conferência do Nordeste de Europa. O evento marcará um caminho de renovação, que abrirá novos cenários e oportunidades para todos os frades que comporão ambas as fraternidades.

A primeira dessas oportunidades a encontramos na formação inicial, com a carta do dia 11 de agosto de 2023, onde o Ministro geral, fr. Roberto Genuin, recomendou que a nova Conferência do Mediterrâneo disponha de duas casas de noviciado interprovincial com sede na Itália. Nessa carta fr. Roberto também solicitou aos Ministros provinciais italianos que apresentassem os lugares mais idôneos e a decisão se direcionou para as duas experiências já existentes: o noviciado de Tortona (Província de Piemonte) e de Moravo Calabro (Província da Calábria), potenciando o que já existe com uma adequada mudança de pessoal.

No que se refere ao noviciado de Tortona, ele funcionava com as Circunscrições que faziam parte das precedentes colaborações formativas do Norte e da Itália Central (as 9 Províncias italianas, a Croácia, a Eslovênia e a França).

Para o próximo ano, em Tortona, o noviciado contará com 14 noviços, provenientes das Circunscrições da “Nova Conferência”, e 2 pertencentes à outra Conferência da Europa (Eslováquia e Alemanha) que solicitaram realizar um caminho de colaboração fraterna.

O primeiro desafio do noviciado será o de acompanhar estes nossos irmãos na adesão e crescimento dos valores da nossa vida de Frades Menores Capuchinhos, com um olhar não mais voltado somente para as Províncias as quais pertencem, mas com uma perspectiva sempre mais europeia: uma abertura à interculturalidade onde cada um possa exprimir as particularidades da sua própria cultura.

O tempo do noviciado será o tempo da “prova de vida” na cotidianidade, realizado dentro do nosso estilo “Franciscano-Capuchinho”, marcado pela vida fraterna vivida nos seus vários componentes: a oração (liturgia das Horas e Eucaristia, partilha da Palavra, Adoração Eucarística, oração mental), o estudo e aprofundamento (fontes franciscanas, espiritualidade, valores carismáticos), o trabalho e a vida apostólica (breves experiências de caridade).

A fraternidade de Tortona, como nos anos anteriores, será interprovincial e estarão presentes frades das várias províncias italianas: fr. Filippo Betzu (Sardenha-Córsega), fr. Daniele Cavagna (Emília-Romana), fr. Manolo Librera e fr. Pierangelo Chiera (Piemonte), e fr. Nicola de Pretto (Veneza). E, a eles, será incorporado fr. Harald Weber (Alemanha), já responsável pela formação inicial na Alemanha, para que essa fraternidade assuma, cada vez mais, um rosto próprio e europeu.

 

Última modificação em Quinta, 24 Agosto 2023 14:32